Os principais países produtores de café. Você os conhece?

Nos Cafés Lúa você pode comprar café de origem, um produto que possui características únicas, conferindo à sua bebida um sabor e aroma excepcionais. Do Brasil ao Quênia; Em nossa loja online você pode encontrar cafés dos principais países produtores de café. E é que além do sabor, o café de cada país tem algumas peculiaridades que influenciam no resultado daquela xícara deliciosa que você prepara em casa.

O fato de cada café apresentar características diferentes se deve a elementos como o tipo de grão, a variedade cultivada e até mesmo o clima. Isso torna o café uma bebida complexa, capaz de nos deixar uma experiência completamente diferente dependendo da sua origem e, claro, da forma como é preparado.

Se você já teve a experiência de comprar café de qualidade e quer descobrir mais sobre esse mundo maravilhoso, o convidamos a saber quais são os países com maior produção de café.

Etiópia: o nascimento do café

A Etiópia é o lugar ao qual se atribui o nascimento do café, nada mais nada menos do que no século IX. Diz a lenda que um pastor de cabras chamado Kaldí observou a alteração do comportamento de seus animais após provar uma fruta. Kaldí coletou algumas frutas e as levou para um mosteiro. Uma vez lá, os monges do local prepararam com eles uma infusão com um pouco de água fervente. Embora o sabor não fosse agradável, ao adicionar algumas cerejas os monges puderam desfrutar de uma bela xícara dessa bebida incomum, permitindo-lhes ficar acordados durante longas noites de oração.

Hoje, a Etiópia se estabeleceu como o quinto país produtor de café do mundo e é considerada por muitos uma das variedades mais complexas que existem até hoje. Embora 25% da população do país viva da produção de café, na Etiópia tradições como “Jebena Buna” ainda são preservadas, um ritual para preparar e servir café que é feito em uma cafeteira de barro tradicional.

Colômbia: o café mais popular

Com café 100% arábica, a Colômbia é um dos países que mais se destacam no mercado dessa bebida. O café colombiano se caracteriza por ter um sabor marcadamente aromático, mas também muito suave. Embora seja o terceiro país na produção de café do mundo, a Colômbia tem uma posição privilegiada no mapa, permitindo a comercialização do produto graças a seus portos estrategicamente localizados entre os dois oceanos. 

Além de sua posição geográfica ser invejada pelos demais países produtores, a Colômbia também tem um clima perfeito para o cultivo de café. Temperaturas temperadas, solos vulcânicos e uma colheita que ocorre entre 1300 e 2000 metros de altura; O resultado é um café que se tornou um sucesso mundial.

Brasil: o maior produtor de café do mundo

O Brasil é hoje o maior produtor de café do mundo. Seus números são astronômicos, atingindo uma produção de mais de 2.500.000 toneladas por ano. A atividade cafeeira no Brasil é no mínimo peculiar. Possui 30% da produção de arábicos, sendo Minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro, Cerá, Paraná e São Paulo as principais regiões de seu cultivo.

Os 70% restantes são voltados para a produção de café da variedade robusta, concentrando o cultivo na região do Espírito Santo. Assim como a Colômbia, o Brasil possui condições climáticas ideais para a produção de café, razão pela qual representa 50% das exportações mundiais de café há 150 anos.

Vietnã: Competindo cara a cara com o Brasil

Quando falamos sobre os grandes países produtores de café, geralmente pensamos em nomes como Brasil ou Colômbia. No entanto, o Vietnã não é mais o segundo produtor de café do mundo, capaz de competir cara a cara com o Brasil. Na verdade, junto com o país sul-americano, estamos falando de um produtor que também leva o bolo em termos de exportação, mostrando que 50% que anualmente chega ao resto do mundo.

A conquista do Vietnã deve ser elogiada. Com um país mergulhado na pobreza, não foi senão há 30 anos que o governo decidiu apostar na produção e exportação de café, tudo em grande escala. Sendo a variedade robusta o grande protagonista da região, o Vietnã pode hoje se orgulhar de ser um dos maiores produtores mundiais dessa bebida que, além disso, tem ajudado a manter a economia do país estável.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top